VOLTAR

Transformação Digital

Funcionalidade é a bola da vez

Esta máxima persegue cada um que estiver lendo este texto desde a infância e sempre esteve presente em um quadrinho do boteco da esquina ou no saco de pão da padaria, mas a cada dia ela se mostra mais real e verdadeira. Mesmo com computadores ocupando funções que eram realizadas por pessoas de pele, osso e um coração pulsante, pois sabe-se lá que tipo de pessoas poderão ser encontradas nas ruas amanhã.


Para manter o cliente sempre satisfeito, empresas e indústrias sempre apresentaram melhorias em seus produtos: material, características e na funcionalidade deles, e a história atual está cheia desses feitos com jeito de pequenos, mas que são grandiosos. Tente pensar na metade do século passado, quando as pessoas iam às “pharmácias” para comprar uma água de colônia, um pó de arroz ou até mesmo aqueles pincéis para espalhar o creme de barbear. Elas puderam diminuir a frequência de visitas a esses locais, pois apareceram as moças que vendiam produtos femininos e para casa por catálogo de porta em porta. Hoje essas moças estão quase aposentadas e as pessoas podem fazer a mesma compra (ou muito mais) com um simples toque na tela do smartphone.


Uma das principais companhias aéreas brasileiras, a Gol, começou rodando as estradas do país, carregando passageiros por aí. Seu fundador usou o know-how em transporte de pessoas e muito treinamento para se adaptar e seguir no transporte aéreo. Hoje as pessoas que já foram suas clientes sob rodas, podem viajar de uma maneira muito mais rápida, confortável e segura ao usar os aviões da empresa.


Outra empresa, que antes da internet usava catálogos para suas vendas, é a Dell. A companhia não utilizava uma maneira nova para vender e apresentar seus produtos, mas ela dava a possibilidade do cliente escolher o que ele queria em seu computador. A pessoa montava um computador sob medida para as suas necessidades e esta era a novidade e o que fazia a empresa conquistar seus clientes.


Hoje não é mais necessário ficar na calçada, levantando o braço toda vez que aparecia um carro branco (ou da cor liberada na sua cidade) com uma placa de táxi em cima. Não é preciso nem esperar um táxi, um mero carro de passeio de um motorista cadastrado a um toque no smartphone, te leva para onde você quiser. Foi assim que nasceram empresas como Uber, 99 ou Cabify. Todos estes exemplos trazem a união de inovação com funcionalidade. 


Inovação é algo que toda a empresa deve praticar se quiser crescer nos negócios e, na atualidade, sobreviver. Funcionalidade é um processo de desenvolvimento tecnológico, onde é possível ver e identificar sua execução e cada vez mais necessário para os negócios. Segundo Adilson Batista, fundador e diretor de estratégia da Today, “a funcionalidade é a bola da vez, pois os produtos estarão mais adequados às necessidades dos consumidores e, com produções mais certeiras, pode-se até fazer economia e realizar investimento em novos recursos”.


Um dos exemplos mais claros de funcionalidade foi divulgado em abril deste ano para todo o mundo, quando o Gmail, ao completar 15 anos, liberou duas novas funções para seus usuários, a possibilidade de agendar o envio de e-mails para duas horas depois de preparar a mensagem ou para ser entregue em 50 anos, depende de quando você quer que a pessoa a receba. Já pensou em mandar um “oi” para o seu eu do futuro no dia do seu aniversário? O outro recurso é chamado de “smart compose” e oferece opções para completar frases durante a escrita. Com o uso da inteligência artificial, ele ainda consegue usar expressões semelhantes àquelas presentes no vocabulário do usuário. 


Enquanto isso, a Nike usa realidade aumentada em seu aplicativo para vender o tênis ideal para o seu consumidor. A função Nike Fit tem por objetivo escanear o pé do usuário para definir seu tamanho real e qual é o melhor tênis para o seu tipo de pé. A tecnologia foi desenvolvida após uma pesquisa onde o gigante da moda e acessórios esportivos descobriu que 60% da população de todas as partes do mundo usam calçado errado para as suas proporções e, desta maneira, querem melhorar a experiência do cliente com o tênis. 


Venha tomar um café conosco.